Existe um con..."/>

Existe um con..." />

Existe um con...">

Canaltech

Canaltech

Publicado em 09/10/2019 às 19:15:00

Nova Guerra Fria | Russo quer modificar beb?s geneticamente com aval de Putin

Existe um consenso de que modificar geneticamente seres humanos n?o ? uma boa ideia, pelo menos no presente, quando ainda faltam estudos sobre os riscos e os impactos dessas modifica??es em longo e m?dio prazo. Isso, ainda,?para n?o citar?todo o processo ?tico e jur?dico envolvido nas pesquisas. Prova disso?foi a indigna??o da comunidade cient?fica e as san??es, inclusive, da China, que reca?ram sobre o geneticista chin?s He Jiankui, respons?vel pela edi??o gen?tica de dois embri?es humanos e que tomou conta do notici?rio internacional. No entanto, um pesquisador russo anuncia o desejo de realizar novos experimentos, s? que agora com aparente libera??o do presidente Vladimir Putin.

Menos de um ano depois que os primeiros humanos geneticamente modificados nasceram, o cientista Denis Rebrikov?fala abertamente?sobre novas pesquisas, utilizando o sistema CRISPR. A ideia do russo ? desativar o gene GJB2, que leva ? surdez, uma condi??o que afeta cerca de 10 rec?m-nascidos por ano na R?ssia. Inclusive, Rebrikov j? est? trabalhando com casais surdos e que?n?o querem passar?esses genes para seus filhos.?

Como ainda h? pouco entendimento sobre quais poderiam ser os poss?veis efeitos colaterais desse tipo de interven??o, a comunidade internacional pede controle da tecnologia. Diante das afirma??es pol?micas,?importantes geneticistas da R?ssia convocaram uma reuni?o secreta com autoridades de sa?de do Governo, em uma instala??o no sul de Moscou. Entre os participantes da reuni?o, estava a filha mais velha de Vladimir Putin, Maria Vorontsova, segundo tr?s presentes.

-
Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, voc? escuta as principais manchetes e coment?rios sobre os acontecimentos tecnol?gicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/
-

Retrato do cientista russo que quer modificar o código genético (Foto: Andrey Rudakov/Bloomberg)

Os apoiadores dos estudos de Rebrikov, presentes na sess?o, mostraram-se?otimistas com o encontro e entenderam a possibilidade Vorontsova defender a causa. Sem afirmar "sim" ou "n?o", a filha de Putin concordou que o progresso cient?fico n?o pode ser interrompido e que a edi??o de DNA humano deve ser proibida no setor privado e confinada a instala??es estatais para maximizar a supervis?o.

Questão Putin

Enquanto os planos de Rebrikov continuam a pleno vapor,?a resposta oficial do governo russo tem sido, no m?nimo, morna. No ano passado, Putin destinou cerca de US$ 2 bilh?es para pesquisas gen?ticas que, segundo o presidente, ? um setor que "determinar? o futuro do mundo inteiro". Al?m disso, j? manifestou preocupa??es sobre soldados geneticamente modificados em poss?veis conflitos armados.

Com a China regulamentando a edi??o de embri?es humanos e os EUA estendendo sua proibi??o recentemente, a R?ssia tem a chance de se tornar o principal motor dessa ?ind?stria?, com a vantagem do pioneirismo. O cientista Rebrikov compara a busca pela edi??o perfeita de genes com a corrida espacial da Guerra Fria, s? que com mais corredores disputando o p?dio.

Putin imagina humanos geneticamente modificados em eventual guerra (Foto: Marvel/Divulgação)

No ...

Ler notícia

Compartilhe

Whatsapp

Comentários