Jornalismo verdade é aqui

Bolsonaro participa de velório de PM que morreu ao tentar salvar 4 crianças no mar

Bolsonaro participa de velório de PM

Policial de folga tentou salvar filho e sobrinhos em Itanhaém, mas foi arrastado pela correnteza

O presidente Jair Bolsonaro participou na tarde desta quarta-feira (30) do velório do policial militar que morreu na terça (29) ao tentar salvar o próprio filho, de 10 anos, e três sobrinhos, de 12, que se afogavam no mar de Itanhaém, no litoral paulista. As imagens foram mostradas ao vivo no Brasil Urgente.

Leia também
Escola de samba aluga quadra para festas com até 3,5 mil pessoas

Inscreva-se no Canal do Datena no YouTube

Mais cedo, o presidente falou sobre o caso em uma transmissão nas redes sociais. “Lamentamos profundamente. Um jovem, ele tinha uma vida toda pela frente. Vai ficar marcada na história essa passagem do cabo da Polícia Militar de São Paulo, em mais um ato, salvando a vida de outros e entregando a sua vida (…). Realmente um herói, que deu a sua vida pela vida de algumas crianças que estavam tomando banho naquele local. Nossos sentimentos a toda a família”, disse Bolsonaro.

O presidente está no litoral paulista para passar a virada de ano.

Diogo Gomes de Melo tinha 31 anos e trabalhava na capital, mas foi movido para a Baixada Santista por causa da Operação Verão no fim do ano.

O PM estava de folga ontem à tarde acompanhando familiares na Praia do Suarão quando entrou no mar assim que viu as crianças se afogando. Ele conseguiu alcançar duas, mas foi arrastado pela correnteza em seguida.

As quatro crianças foram retiradas do mar por banhistas. O corpo de Diogo foi encontrado minutos depois.

REPORTAGEM COMPLETA AQUI: