Espanha

No 500º jogo de Simeone no Atlético de Madrid, Suárez garante vitória e liderança

Diego Simeone vai ter a virada de ano dos sonhos. Nesta quarta-feira, o Atlético de Madrid ganhou do Getafe por 1 a 0, com gol de Luís Suárez, e fechará 2020 na liderança do Campeonato Espanhol. Um presente para o treinador argentino em seu 500.° jogo na direção do clube.

Em nove anos de trabalho com o time de Madri, Simeone chegou ao 301.° triunfo. Um desempenho de mais de 60% de aproveitamento, que causa inveja em outros treinadores. O argentino é ídolo no clube.

A festa de "despedida" de 2020 foi mais dura do que o esperado. O Getafe criou muitas e boas chances de gol no Wanda Metropolitano e, tivesse um pouco mais de capricho, estragaria a comemoração especial de Simone.

Com dois jogos a menos que os principais concorrentes, o Atlético de Madrid fecha a 16ª rodada do Espanhol com 35 pontos. São 11 vitórias, dois empates e somente uma derrota. O time segue caminhando firme para voltar a brigar pelo título que não vem desde a temporada 2013/2014.

O gol do apertado e suado triunfo saiu em uma cobrança de falta ensaiada. Carrasco recebeu o passe curto e cruzou na cabeça de Luis Suárez. O atacante uruguaio acertou no canto do goleiro do Getafe, no único gol da partida. Aos 20 minutos, o Atlético de Madrid fazia mais uma vítima em sua bela campanha no Campeonato Espanhol.

Os jogadores do Atlético e Simeone terão pouco tempo para comemorar a virada de ano. No domingo, a equipe volta a campo. Visita o Alavés, no Mendizorroza.

Também nesta quarta-feira, o Granada fez 2 a 1 no Valencia, com o brasileiro Kenedy marcando uma vez e tendo outro gol anulado pelo VAR. O placar foi o mesmo do triunfo do Celta, em Vigo, sobre o Huesca.