1 evento ao vivo

Premier da Espanha fecha acordo com Podemos

Pacto abre caminho para o país ter novo governo após 2 eleições

31 dez 2019
13h54
atualizado às 13h56
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O primeiro-ministro interino da Espanha, Pedro Sánchez, assinou nesta segunda-feira (30) um acordo com o líder do partido de esquerda Podemos, Pablo Iglesias.

Pablo Iglesias e Pedro Sánchez assinam acordo de governo na Espanha
Pablo Iglesias e Pedro Sánchez assinam acordo de governo na Espanha
Foto: EPA / Ansa - Brasil

O pacto abre a perspectiva de o país ter um novo governo após ter realizado duas eleições legislativas em 2019, uma em abril e a última em novembro. Os dois pleitos tiveram vitória do Partido Socialista Operário Espanhol (Psoe), liderado por Sánchez, mas a fragmentação de forças no Parlamento o obrigou a buscar alianças para governar.

O acordo entre Psoe e Podemos se chama "Coalizão Progressista" e prevê aumento de impostos para os mais ricos e grandes empresas, elevação do salário mínimo, ações contra as mudanças climáticas e políticas para garantir a igualdade de gênero tanto no poder público quanto no setor privado.

A Câmara de Deputados discutirá o voto de confiança a Sánchez a partir do próximo sábado (4). Juntos, Psoe e a coalizão Unidas Podemos têm 155 dos 350 assentos na Câmara, aos quais se somam os seis deputados do Partido Nacionalista Basco (PNV), que também fará parte da aliança.

Para ter maioria, Sánchez precisará de 176 votos, mas o primeiro-ministro negocia a abstenção da legenda nacionalista Esquerda Republicana da Catalunha (ERC), o que diminuiria o quórum mínimo.

Veja também:

'A melhor vacina é a disponível': Por que não se pode comparar os imunizantes contra covid-19
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade